​​Plano Atividades 2021 Alteração 03

A Associação dos Amigos da Natureza de Cabeção, ao estabelecer os objetivos do seu Plano de Atividades para o ano de 2021, teve por base a sua missão: afirmar-se como um movimento cívico de proteção ambiental do Sítio de Cabeção e Concelho de Mora.

Esta ambição, que cresce há já trinta e quatro anos, leva-nos a procurar intervir, de uma forma responsável e sustentada, nos espaços mais relevantes da nossa região. Se há três décadas fomos pioneiros no alerta para a manutenção e valorização dos nossos ecossistemas, é com orgulho que hoje observamos os resultados do nosso trabalho e a aceitação generalizada dos nossos valores.

Dando continuidade às actividades anteriormente realizadas e procurando manter o nosso papel interventivo, não só na área ambiental, mas também na promoção cultural e desportiva, continuaremos a privilegiar o reforço das parcerias com as entidades públicas ou privadas que connosco têm colaborado, procurando estabelecer novas parcerias para desenvolver de forma sustentável a nossa região, combatendo a desertificação e o abandono do território.

Este é o plano ajustado à atual conjuntura pandémica, com o qual nos comprometemos para o ano de 2021. Todavia, para que este plano seja consumado, é vital não só o apoio das entidades, mas também a participação ativa dos associados nas atividades, envolvendo-se pessoalmente na divulgação e promoção das mesmas, contribuindo assim para afirmar e consolidar a nossa associação como um parceiro credível e com futuro no desenvolvimento ambiental, social, cultural e recreativo da Freguesia de Cabeção, do Concelho de Mora e Sítio de Cabeção.

 

Cabeção 13 de Março de 2021

________________________________________________________

1.1 Projeto Primeiro Spot BirdWatch

A AANC encetou os primeiros contactos para a criação do primeiro Spot BirdWatch turístico da região que ficará alocado na freguesia de Pavia.

Os objetivos desta infraestrutura serão transmitir aos proprietários da região a importância de promover a preservação de habitats naturais, incentivar novas formas de dinamização das suas propriedades com formas de rendimento alternativas às atividades cinegéticas e ainda abrir o leque de atividades turísticas para a região.

Data: 01 Abril a 31 Dezembro 2021

Mais detalhes brevemente...

_________________________________________________________________________________

1.2 Circuito de Manutenção do Pinhal da Mata Nacional de Cabeção

Manter a gestão da respetiva infraestrutura com a parceria do ICNF, ficando a AANC responsável pela sua dinamização, preservação e manutenção.

Em 2021 a AANC terá de realizar o delineamento do percurso com recurso a trator agrícola com rodo dado o grande aumento de vegetação e substituição de duas placas informativas furtadas.

Serão ainda desenvolvidas ações de pequena manutenção e de limpeza de lixo com o apoio de Voluntários Jovens para a Natureza e Florestas.

Data: 01 Abril a 31 Dezembro 2021

Mais detalhes …

__________________________________________________________________________________

1.3 Circuitos Ambientais do Concelho de Mora / Sítio de Cabeção

Continuar a selecionar e desenvolver alguns percursos ambientais com valor paisagístico, ricos em fauna, flora e património construído, tendo em conta a qualidade dos percursos e a preservação do meio ambiente.

Concluir o processo de oficialização dos dois percursos, Percurso da Bica e Percurso da Mata

Data: 01 Janeiro a 31 Dezembro 2021

__________________________________________________________________________________

1.4 Colaboração no Plano de Ordenamento da Mata Nacional de Cabeção

Apoiar o ICNF no plano de ordenamento da Mata Nacional de Cabeção, plano este integrado no projeto LIFEMONTADO-ADAPT com o objetivo de adaptar espécies de fauna e áreas florestais às alterações climáticas.

Na sequência deste processo, continuaremos a promover atividades como a plantação de árvores e de plantas autóctones, a reunir esforços para a fixação de aves insectívoras, caminhadas e passeios de promoção ambiental na área de intervenção deste projeto.

Data: 01 Janeiro a 31 Dezembro 2021

__________________________________________________________________________________

1.5 Sensibilização e Ações de Limpeza

Manter a realização de ações de limpeza de Zonas Ribeirinhas e Parques de Merendas, dando continuidade às ações levadas a cabo ao longo dos últimos anos. Esta atividade será realizada durante atividades náuticas realizadas ao longo do ano e em conjunto com o Voluntariado Jovem para as Florestas 2021 e/ou Colaborador Vigilante das Florestas, uma vez que os objetivos são comuns.

Data: A designar

Data: 01 Junho a 31 Setembro 2021

__________________________________________________________________________________

1.6 Passeio Grandes Lagos

De forma a sensibilizar as comunidades para a importância da água, iremos aproveitar um dos grandes lagos artificiais presentes no Sítio de Cabeção e realizar um passeio em autonomia com equipamentos náuticos (barcos, canoas, caiaques). Durante o percurso, serão abordadas a preocupações sobre as reservas de água e os seus impactos positivos e negativos para ecossistemas.     

Data: 16 Maio 2021

Mais detalhes …

___________________________________________________________________________________

1.7 Passeio Pedestre Dia Mundial do Ambiente

Realizar o passeio pedestre comemorativo do Dia Mundial do Ambiente - “Caminhos de Entre Águas”. Trata-se de um percurso de média dificuldade, com uma extensão de 10 quilómetros e duração de 4 horas, acessível a todas as faixas etárias e acompanhado por um monitor da Associação que, em breves paragens, procederá a identificação da fauna e da flora local. Gratuito e aberto à participação de sócios e não sócios.

Data: 6 Junho 2021 reagendado para 03 Outubro em conjunto com EurobirdWatch

__________________________________________________________________________________

1.8 Combate a espécies invasoras aquáticas

A AANC irá continuar a monitorização do Jacinto de Água “Eichhornia crassipes”, planta invasora que maior impacto terá no futuro dos rios da nossa região.

Em 2021, dadas as condições atmosféricas que ocasionaram cheias de grande nível na Ribeira de Raia, criaram-se condições para a realização de ações de grande sucesso no combate a esta espécie invasora. Propomo-nos reunir com entidades competentes, nomeadamente com a ARBVS, no sentido de reunir esforços para eliminar as poucas plantas que se mantêm após as cheias.

Data: 01 Abril a 31 Setembro 2021

Mais detalhes …

__________________________________________________________________________________

1.9 Combate à Vespa velutina

Apesar do número reduzido, esta espécie de vespa oriunda do sudoeste asiático já se pode atualmente observar na nossa região. A associação considera importante que o combate a esta espécie invasora seja efetuado atempadamente, minimizando a sua expansão e os efeitos negativos nas nossas espécies autóctones. O objetivo assumido da AANC é o de prosseguir a campanha de informação iniciada em 2020 sobre esta ameaça e a construção de mais 50 armadilhas para oferta à população do concelho e apicultores.

Data: 01 Abril a 30 Novembro 2021

Mais detalhes ...

__________________________________________________________________________________

1.10 Eurobirdwatch 2021

Esta a atividade é fruto da parceria SPEA/AANC em apoio à BirdLife International, mantendo a AANC a gestão do evento na nossa região. Trata-se de uma atividade gratuita, aberta à população em geral, com o objetivo de efetuar a contagem de aves migradoras e sensibilizar para importância da preservação dos ecossistemas que as apoiam nas suas deslocações migratórias. O local de realização será definido na proximidade da data do evento pois dependerá das condições climatéricas.

Data: 03 Outubro  2021

__________________________________________________________________________________

2.1 Projeto Chapim

Este projeto, que nos acompanha nos últimos anos, tem como objetivo principal o aumento efetivo de aves insectívoras na Mata Nacional de Cabeção e áreas limítrofes, podendo estas contribuir no combate a doenças e pragas florestais.

Teve o seu início em 2012 em fase experimental com 20 ninhos artificiais, construídos a partir de cabaças, montados em vários sectores da Mata Nacional, para aves insectívoras tais como: Chapim Real “Parus major”, Chapim Azul “Parus caeruleus”, Chapim-de-Poupa “Parus cristatus”, Chapim Carvoeiro “Parus ater”, Trepadeira-azul “Sitta europea”, Trepadeira Comum “Certhia rachydactyla” e Carriça “Troglodytes troglodytes”.

Em 2018, este projeto associou-se ao novo plano de gestão florestal gerido pelo ICNF, tendo esta entidade adquirido um novo modelo de ninhos para acrescentar ao efetivo.

Continua a ser da AANC a responsabilidade da localização, colocação, monitorização, divulgação e promoção da construção de mais estruturas. A ação mais significativa para o presente ano será a de aumentar em grande escala a quantidade de ninhos-caixa, passando das atuais 40 para 170 unidades, nas quais se incluem também caixas para abrigo de morcegos e esquilos.

Este projeto será alargado a agricultores locais que nos solicitaram apoio para implantação de projeto com os mesmos objetivos.

Data: 01 Abril a 31 Dezembro 2021

Mais detalhes ...

__________________________________________________________________________________

2.2 Vigilância Florestas 2021 “Alentejo Verde”

Dar continuidade à vigilância da mancha florestal na área da nossa incidência, mantendo o trabalho executado nos últimos anos e alargando o projeto às quatro freguesias do concelho, através da instalação da torre de vigilância, a guarnecer por jovens voluntários para as florestas.

Os objetivos deste projeto incluem a sensibilização dos habitantes das áreas florestais e da população em geral para a prevenção dos incêndios, a vigilância móvel nas principais zonas de risco da região, a limpeza e manutenção dos parques de merendas e a dinamização de espaços florestais locais. Este projeto está dependente de financiamento do IPDJ.

Data: 01 Julho a 30 Setembro 2021

__________________________________________________________________________________

2.3 Monitorização da componente faunística na área de influência da associação IBA Cabeção / Sítio de Cabeção.

A AANC, dando continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo da sua existência, e tendo em conta as limitações inerentes a uma associação cuja intervenção em termos de recursos humanos se carateriza por uma atividade de caráter voluntário, pretende dar seguimento a um conjunto de monitorizações pontuais que permitam a vigilância de alguns valores faunísticos mais importantes na região.

Assim, prevê-se para o período de abrangência do plano de actividades que aqui se apresenta, a realização de ações/campanhas de monitorização dirigidas quer a locais de interesse faunístico como os montados e ribeiras, quer a espécies específicas como algumas aves de rapina que carecem de observação/acompanhamento para a sua preservação e conservação.

Estas ações, aquando da participação de associados e/ou outros participantes, têm também o intuito de propiciar a divulgação de aspectos relacionados com a conservação da natureza e em particular de espécies prioritárias. Estas ações potenciam a sensibilização dos seus participantes ao nível desta temática, e permitem despertar um interesse que se quer materializado numa participação mais assídua e pró-ativa na defesa e conservação da vida silvestre.

Pretendemos manter o investimento na aquisição e utilização de novas tecnologias, o que nos permitiu, durante os últimos anos, identificar o reaparecimento de espécies há muito consideradas ausentes na nossa região. Continuamos a aprofundar a investigação científica e maior promoção do nosso trabalho apoiando também projetos de investigação de terceiros. Somos hoje uma entidade de referência na região onde nos inserimos e assim pretendemos continuar.

Data: 01 Janeiro a 31 Dezembro 2021

__________________________________________________________________________________

3.1 Iniciação à Canoagem

Esta atividade tem sido nos últimos anos um bom meio de captação de novos sócios, nomeadamente no público-alvo que são as camadas mais jovens da região. Assim, vamos manter as ações de iniciação permanentes e nos períodos de férias escolares.

Temos como objetivo continuar a adquirir embarcações e respetivo material de segurança de qualidade, para a iniciação em canoagem e para a promoção da modalidade de Slalom. Para os devidos efeitos legais, já possuímos treinador creditado pela FPC.

Data: 01 Junho a 15 Setembro 2021

__________________________________________________________________________________

3.2 Canoagem Noturna Lagoa Albufeira

Esta atividade irá ao encontro das expetativas dos nossos associados e será realizada numa lagoa de água calma de forma a manter a segurança de todos os participantes, subordinada à temática da identificação das espécies de aves e mamíferos pelos sons noturnos que emitem.

Data: 29 Maio 2021   ( Reagendar condições meteo desfavoraveis)

__________________________________________________________________________________

3.3 Workshops Iniciação às Águas Bravas

A iniciação às águas bravas em canoagem tem sido a formação que tem atraído até nós dezenas de novos participantes. Dadas as condições naturais dos nossos rios, infraestruturas e condições conseguidas pela AANC, vamos continuar esta atividade com uma edição anual.

Data: 03/04 Julho 2021 ( Reagendado )

Mais detalhes brevemente…

__________________________________________________________________________________

3.4 Descidas Ribeira Seda 2021

O objetivo da associação é o de continuar a efetuar o evento em “dois dias, dois rios”. Iremos efetuar todos os esforços para manter o evento tal como em edições anteriores, com meios próprios, o que provocará necessariamente alterações na logística do evento.

No primeiro dia, a concentração de participantes e meios logísticos passa a ser na aldeia de Camões e no final efetuaremos o resgate das viaturas com meios próprios. Caso as condições epidemiológicas o permitam, será realizado um jantar convívio num restaurante local a designar.

O local do segundo dia do evento estará dependente da navegabilidade do rio Raia com a finalidade de voltar a realizar a descida no percurso Mora-Furadouro.

Apesar das dificuldades, o objetivo continuará a ser o de manter o evento em dois dias e duas edições anuais, a fim de permitir a participação de todos na maior atividade realizada pela AANC. Este modelo de evento permite aos participantes que se deslocam de zonas mais distantes alojarem-se localmente durante o fim-de-semana dos eventos, contribuindo para o desenvolvimento da economia local, distribuindo o número de participantes e assegurando a todos um nível de segurança elevado, o que tem sido conseguido ao longo destes anos.

Datas:

XXX Descida Ribeira Seda - 10/11 Julho 2021

XXXI Descida Ribeira Seda - 14/15 Agosto 2021

__________________________________________________________________________________

 

3.5 Travessia da Arrábida

Com a finalidade de ir ao encontro dos nossos associados e amantes da canoagem residentes na região da Grande Lisboa e Península de Setúbal, esta é sem dúvida uma atividade a manter depois do sucesso alcançado no ano anterior. A realização deste passeio pela costa da serra da Arrábida é também uma oportunidade de manter a atividade dos associados da AANC e dos seus parceiros, no âmbito do projeto Portugal a Pagaiar da Federação Portuguesa de Canoagem, que pretende dinamizar a canoagem de lazer.

Desta forma, propomos umas pagaiadas junto à costa da Arrábida, de Sesimbra até às imediações do Cabo Espichel, onde se poderão descobrir locais únicos com acesso restrito pelo mar.

Data: 27 Junho e 5 Setembro 2021

Mais detalhes…

__________________________________________________________________________________

NOTA: A Associação dos Amigos da Natureza de Cabeção, mantém em aberto o plano de atividades 2021, por forma a que se possa inserir outras actividades de enriquecimento da nossa missão.

© 2013 by Associação dos Amigos da Natureza de Cabeção. Todos direitos reservados.

  • Facebook ícone social
Câmara Municipal de Mora

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​Mora é uma vila portuguesa, no Distrito de Évora, região Alentejo e sub-região do Alentejo Central​

Go to link