Travessia de Canoagem  Barragem do Maranhão 16MAI21

Com objetivo de sensibilizar as comunidades para a importância da água, iremos aproveitar este grande lago artificial presentes no Sítio de Cabeção e realizar um passeio em autonomia com equipamentos náuticos ( canoas, caiaques).

Durante o percurso, serão abordadas a preocupações sobre as reservas de água e os seus impactos positivos e negativos para ecossistemas.

Os participantes devem possuir equipamento próprio  binóculos e câmaras fotográficas.

Programa:
Dia 16 Maio 2021 

09:00-09:30-- Receção aos participantes junto á rampa de embarque do Clube Náutico de Avis

Distribuição das embarcações e material para a atividade. (todos com máscara.

 Briefing de organização e segurança.

Travessia Canoagem Barragem Maranhão.jpg

10:00 --------- Inicio da Atividade.

12:30 --------- Paragem para alimentação.

17:00---------- Fim de Atividade.

Inscrições:

- Até dia 14  maio 2021.

  • Sócios Ativos (últimas duas quotas pagas)  5€  ( Com Material Próprio)

  • Sócios Ativos (últimas duas quotas pagas)  10€  ( Canoa com Material)

  • Novos Sócios 15€ (Com Material Próprio, Jóia, Quota 2021).

  • Novos Sócios 20€ (Canoa com Material, Jóia, Quota 2021).

  • Sócios Ativos ou Filiados em  ACBB e SPEA 12€  (Canoa com Material)

- Menores de 18 anos apenas quando acompanhados por encarregados de educação e preenchimento de termo de responsabilidade.

O atividade só se realiza com um mínimo de 10 participantes, que após atingirmos enviamos as indicações para pagamento.

- Ficha de inscrição:

​​Notas: 

- Todo o programa poderá ser alterado ou mesmo cancelado por motivos meteorológicos que possam meter em causa a segurança, neste caso devolveremos o valor total da inscrição.

- Se  te vais inscrever como novo sócio deverás previamente preencher tua proposta de sócio, e entregar em mão no dia do evento aos membros da Direção presentes no local.

-Aconselha-se uso vestuário e calçado apropriado para deslocação dentro de água bem como uso de protetor solar.

CONTACTOS:

- 966257524 ou anc.geral@gmail.com

Caro associado, apelamos à uma participação consciente, caso nas últimas semanas tenha possuído alguns sintomas suspeitos apelamos que não participe, haverá mais oportunidades.

Medidas a tomar: 

  • Interditar o acesso a pessoas que apresentem sinais ou sintomas associados a infeção por SARS-CoV-2; 

  • Interditar o acesso a pessoas que, ainda que assintomáticas, tenham estado em contacto com pessoas com COVID-19, nos últimos 14 dias; 

  • Redução da duração do evento propriamente dito ao mínimo indispensável de modo a reduzir a exposição;  

  • Disponibilizar e incentivar o uso de solução antisséptica de base alcoólica – SABA; 

  • Uso de máscara colocada adequadamente e em permanência por todas as pessoas em todos os momentos, indoor ou outdoor, de acordo com a legislação em vigor, exceto aquando da prática da atividade de canoagem; 

  • Obstar, se possível, a existência de oferta da área da restauração e bebidas que seriam um atrativo à socialização e remoção das máscaras, as quais deverão estar colocadas durante todo o evento. Caso seja considerado indispensável, sugere-se a consulta da Orientação n.º 023 – Procedimentos em estabelecimentos de restauração e bebidas (disponível em https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2020/07/i026496.pdf);  

  • Dissuadir os participantes que se aglomerem paralelamente antes, durante e depois do evento, de modo a reduzir a exposição; 

  • Manter as medidas de distanciamento físico (de, pelo menos dois metros), etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara na deslocação para o local da atividade, na preparação da mesma, bem como nos procedimentos de desmantelamento da atividade e na deslocação para fora do local da mesma; 

  • Reitera-se que as canoas devem ser de uso único. Na eventualidade de ser necessária a utilização de canoas duplas, estas devem ser apenas utilizadas por coabitantes. 

  • Distanciamento físico (mínimo de 2 metros entre pessoas, em todos os momentos); 

  • Lavagem ou desinfeção das mãos (com água e sabão ou com solução antisséptica de base alcoólica - SABA); 

  • Higienização de superfícies (O SARS-CoV-2 pode sobreviver nas superfícies e objetos durante tempos variáveis, que vão de horas a dias. É essencial serem garantidas medidas de higiene das superfícies de uso comum e toque frequente, de forma a diminuir a transmissão do vírus); 

  • Estrita evicção dos aglomerados de pessoas (de acordo com a legislação em vigor). 

© 2013 by Associação dos Amigos da Natureza de Cabeção. Todos direitos reservados.

  • Facebook ícone social
DSCF1196