Combate ao Jacinto de Água

ADIADO ADIADO ADIADO devido ao facto de restrições nas movimentações que condicionou a poucas inscrições. Lançaremos em breve nova data

 

A Associação dos Amigos da Natureza de Cabeção, continua as ações de combate ao Jacinto de Água "Eichhornia crassipes" na Ribeira de Raia em Mora.

 

As condições meteorológicas que se fizeram sentir durante 2021, com algumas cheias, favoreceram a um combate eficaz a esta planta aquática invasora. É importante agir, não podemos perder tempo, encetar rápidas ações, de forma controlar esta planta no planto de água, a montante do Açude do Furadouro, impedindo o seu avanço pela Ribeira de Raia.

Jacintos flyer 2 20MAIO.jpg

Com o apoio da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia, coordenamos algumas ações a desenvolver com brevidade, visto que em breve se iniciará o rápido processo de desenvolvimento e reprodução desta espécie.

Um dos objetivos é envolver toda a comunidade na defesa e proteção deste bem público que é o nosso Rio Raia.

Assim iremos continuar a limpar realizando percursos de canoagem, com o objetivo principal de recolha de pequenas plantas em desenvolvimento e identificar os locais da sua acumulação.

Programa:
Dia 20 Junho 2021 (alteração passou para dia 20 devia ao facto do Portugal jogar dia 19)

14:00---------- Concentração Junto à Ponte do Passo em MORA

14:10 --------- Briefing.

18:00---------- Fim de Atividade.

Inscrições:

- Gratuitas para sócios e não sócios ( emprestamos as nossas canoas)

- Limitadas a 12 participantes

- Menores de 18 anos apenas quando acompanhados por encarregados de educação.

- Via email indicar o nome e idade dos participantes.

Apelamos à uma participação consciente, caso nas últimas semanas tenha possuído alguns sintomas suspeitos apelamos que não participe, haverá mais oportunidades.

Medidas a tomar: 

  • Interditar o acesso a pessoas que apresentem sinais ou sintomas associados a infeção por SARS-CoV-2; 

  • Interditar o acesso a pessoas que, ainda que assintomáticas, tenham estado em contacto com pessoas com COVID-19, nos últimos 14 dias; 

  • Redução da duração do evento propriamente dito ao mínimo indispensável de modo a reduzir a exposição;  

  • Disponibilizar e incentivar o uso de solução antisséptica de base alcoólica – SABA; 

  • Uso de máscara colocada adequadamente e em permanência por todas as pessoas em todos os momentos, indoor ou outdoor, de acordo com a legislação em vigor, exceto aquando da prática da atividade de canoagem; 

  • Obstar, se possível, a existência de oferta da área da restauração e bebidas que seriam um atrativo à socialização e remoção das máscaras, as quais deverão estar colocadas durante todo o evento. Caso seja considerado indispensável, sugere-se a consulta da Orientação n.º 023 – Procedimentos em estabelecimentos de restauração e bebidas (disponível em https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2020/07/i026496.pdf);  

  • Dissuadir os participantes que se aglomerem paralelamente antes, durante e depois do evento, de modo a reduzir a exposição; 

  • Manter as medidas de distanciamento físico (de, pelo menos dois metros), etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara na deslocação para o local da atividade, na preparação da mesma, bem como nos procedimentos de desmantelamento da atividade e na deslocação para fora do local da mesma; 

  • Reitera-se que as canoas devem ser de uso único. Na eventualidade de ser necessária a utilização de canoas duplas, estas devem ser apenas utilizadas por coabitantes. 

  • Distanciamento físico (mínimo de 2 metros entre pessoas, em todos os momentos); 

  • Lavagem ou desinfeção das mãos (com água e sabão ou com solução antisséptica de base alcoólica - SABA); 

  • Higienização de superfícies (O SARS-CoV-2 pode sobreviver nas superfícies e objetos durante tempos variáveis, que vão de horas a dias. É essencial serem garantidas medidas de higiene das superfícies de uso comum e toque frequente, de forma a diminuir a transmissão do vírus); 

  • Estrita evicção dos aglomerados de pessoas (de acordo com a legislação em vigor). 

APOIOS

Solar dos Lilazes
Solar dos Lilazes

BEM-VINDO AO HOTEL SOLAR DOS LILASES Autêntico significa verdadeiro, sem imitação ou com autoria comprovada. Quantas vezes locais geograficamente bem distantes nos deixam a sensação de que já ali havíamos estado? No Hotel Solar dos Lilases, onde cada quarto é um quarto diferente pode reviver o passado. Sem pretensões, porque o autêntico não pode ser pretensioso, procuraremos ir ao seu encontro. Esta é a nossa aposta..... Autenticidade...

press to zoom
Custodio Martinho Carla Martinho Lda
Custodio Martinho Carla Martinho Lda

Produtos · Automatismos · Cadeiras / Sofás · Cabeceiras · Carros · Cortinados · Estores · Paredes · Restauro · Toldos Morada: SITIO DAS QUATRO ESTRADAS, 8100-321, S. SEBASTIÃO LOULE, FARO Telefone 289 391 767

press to zoom
Câmara Municipal de Mora
Câmara Municipal de Mora

​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​Mora é uma vila portuguesa, no Distrito de Évora, região Alentejo e sub-região do Alentejo Central​

press to zoom
Solar dos Lilazes
Solar dos Lilazes

BEM-VINDO AO HOTEL SOLAR DOS LILASES Autêntico significa verdadeiro, sem imitação ou com autoria comprovada. Quantas vezes locais geograficamente bem distantes nos deixam a sensação de que já ali havíamos estado? No Hotel Solar dos Lilases, onde cada quarto é um quarto diferente pode reviver o passado. Sem pretensões, porque o autêntico não pode ser pretensioso, procuraremos ir ao seu encontro. Esta é a nossa aposta..... Autenticidade...

press to zoom
1/14
spea_logo
spea_logo

press to zoom
associacao-de-clubes-de-canoagem-da-regi
associacao-de-clubes-de-canoagem-da-regi

press to zoom
SPEA
SPEA

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves é uma organização não-governamental de ambiente sem fins lucrativos que promove o estudo e a conservação das aves e dos seus habitats em Portugal.

press to zoom
spea_logo
spea_logo

press to zoom
1/7